Não entendeu algum termo? Procure no Wikipedia:

Resultados da pesquisa

quinta-feira, 3 de abril de 2014

Seria o mercado financeiro um "random walk"?!
Márcio Souza4/03/2014 06:01:00 PM 0 comentários


É... Escuto muitas teorias acerca de padrões estatísticos aplicados ao mercado financeiro. Escuto também que não passa de um passeio aleatório e que "perder" tempo com isso é a mais pura bobagem. Bom... Eu poderia dizer, como os ingleses, que nada está mais longe da verdade do que esta segunda afirmação. Classificar o mercado financeiro como "random walk" é resumir nossa possível falta de tempo e/ou paciência para estudar comportamentos cuja aleatoriedade é fora do normal... Caso o mercado fosse mesmo um passeio aleatório, conforme dizem, não existiria um cara como Jim Harris Simons. Nascido em 1938, o sr. Simons é, pra dizer o mínimo, um matemático, investidor e filantropo dos EUA. Sua fortuna, em março de 2012, foi avaliada em uma bagatela de cerca de 11 bilhões de dólares (eu disse BI, não MI; eu disse dólares, não reais). Cara... É muita grana! Imagine 63 toneladas de notas de 100 reais (quase o peso de um tanque de guerra). 

Ah... Antes que se magoe, também não acho que dinheiro compre felicidade e blá, blá, blá, mas o fato é que esses RE$ULTAD0$ provam que existe algo em torno dos mercados financeiros que vão muito além de nossa vã filosofia de "trader"... Existe um padrão aí: não se trata de um fenômeno perambulante no limbo de nossa ignorância.

Muitos "traders" assumem suas perdas nesse mercado nebuloso. Carecem de uma iluminação matemática/estatística e computacional. Quem dera termos 0,01% dos resultados do Mr. Simons... Obviamente, TODOS queremos saber o segredo desse gênio, não é?! Certo... Vou te dar uma dica. Ele dispõe, como equipe principal de sua empresa Renaissance Technologies, nada mais nada menos que PhDs em Matemática, Estatística, Computação e afins. Esse quartel general dos QUANTs usa das mais sofisticadas ferramentas de reconhecimento de padrão (não vou citar os softwares aqui, mas posso adiantar que um dos mais poderosos e FREE é o R) e as implementam em MQL4 (e agora em MQL5). Só pra finalizar de "pagar pau" pro Mr. Simons, sua empresa possui um humilde portfolio de cerca de 42 BILHÕES de dólares (mais uma das continhas faraônicas).

Bom... Se quiser começar a fazer a coisa certa, assim como Mr. Simons o fez, comece pelo curso (0800; FREE; grátis; na faixa): https://www.udemy.com/intro-mql5/

Vale muito a pena...


Por Márcio Souza

Sobre o autor Prof. Márcio Souza possui mestrado em Engenharia Biomédica pela COPPE/UFRJ onde aperfeiçoou suas habilidades dando forte ênfase em tecnologias e em estatística. Tem formação multidisciplinar e é defensor ferrenho de que não existe exclusividade em ciência, pois cabe a cada um de nós saber e desejar o quão alto chegar. Atualmente é CEO da empresa SOUZA INOVE e eternamente é pai dedicado de Guilherme, marido apaixonado por Cíntia e cidadão comum com defeitos e manias excepcionalmente perdoáveis. No mais, sinta-se à vontade para acompanhar minhas redes sociais Facebook, YouTube e Twitter

0 comentários