Não entendeu algum termo? Procure no Wikipedia:

Resultados da pesquisa

quinta-feira, 11 de agosto de 2011

VÍCIO GAME: estatísticas que não servem de consolo (parte 1)
Márcio Souza8/11/2011 12:04:00 PM 0 comentários

Fala, rapazeada!  

Farei a partir de agora algumas postagens voltadas pro lado "Cia" de nosso "Estatística & Cia", uma vez que sobre estatística (pura) já estamos postando... Talvez seja nosso momento de descontração, mostrando que a estatística está presente nos momentos mais improváveis (ou mesmo inimagináveis). 



O quadro chama-se "VÍCIO-GAME" porque... Ah!! Acompanhe que você vai entender...


A porcentagem de familiares dos EUA que jogam vídeo games é igual a 65% e dois em cada cinco jogadores são do gênero feminino... Não acreditam?!! Pois bem, dê uma vasculhada no YOUTUBE e descubra que isso é mais provável do que parece... Por exemplo, eu fiz um pequeno teste, digitando: "girls wii" (obtive 15.200 resultados); "girls xbox" (obtive 20.500 resultados); e "girls video game" (obtive 321.000 resultados!). Pois é... Acho que os "NERDS" não estão enganados quanto ao gosto por vídeo games, hã?... rs

Bom... Voltando a estatística em questão, tenho uma perguntinha pra você: como a informação "dois em cada cinco jogadores são meninas" poderia ser reescrita?
Participe do QUIZ ao lado---------------------->>>>
Categoria:
Sobre o autor Prof. Márcio Souza possui mestrado em Engenharia Biomédica pela COPPE/UFRJ onde aperfeiçoou suas habilidades dando forte ênfase em tecnologias e em estatística. Tem formação multidisciplinar e é defensor ferrenho de que não existe exclusividade em ciência, pois cabe a cada um de nós saber e desejar o quão alto chegar. Atualmente é CEO da empresa SOUZA INOVE e eternamente é pai dedicado de Guilherme, marido apaixonado por Cíntia e cidadão comum com defeitos e manias excepcionalmente perdoáveis. No mais, sinta-se à vontade para acompanhar minhas redes sociais Facebook, YouTube e Twitter

0 comentários